SUSANA SCHNARNDORF

TRANSFORME IMPACTO SOCIAL EM RESULTADOS

susana-schnarndorf-palestrante

Palestrante Motivacional

Em 2005, aos 37 anos, a nadadora campeã paralímpica Susana Schnarndorf Ribeiro desfrutava de uma carreira vitoriosa no triatlo (já tinha completado 13 provas de Ironman) quando descobriu que o seu corpo estava perdendo os movimentos. Foi nesse período vitorioso que a atleta gaúcha de Porto Alegre, mãe de três filhos, descobriu a existência de uma doença rara e incurável chamada síndrome ShyDrager, atrofia de múltiplos sistemas.

A doença degenerativa afeta, principalmente, os músculos de órgãos vitais como coração e pulmão. Depois do diagnóstico, os médicos deram apenas dois anos de vida a Susana. Mas ela não parou. Em vez de se resignar, decidiu seguir em frente na corrida pela vida. “Enquanto a doença vai piorando eu vou ficando mais forte”, afirma com determinação a vitoriosa atleta. A motivação para se manter viva veio do amor pelos filhos e a imensa vontade de vê-los crescer, e da paixão pelo esporte.

Susana teve de reaprender a fazer tudo, até movimentos básicos como a deglutição. Apesar da baixa capacidade respiratória, a atleta mergulhou de cabeça nas piscinas. Tornou-se atleta paralímpica vitoriosa. “Foi a natação que travou a doença”, destaca a inabalável Susana. Em 2012, nos Jogos Paralímpicos de Londres, conquistou o quarto lugar nos 100m peito e quinto nos 200 m medley. No ano seguinte, sagrou-se campeã mundial dos 100m peito e ficou com a terceira colocação nos 400m livres. Em casa, nos Jogos do Rio 2016, conquistou a medalha de prata no revezamento misto.

A nadadora também precisa de muita inspiração e resiliência para se adaptar constantemente na modalidade esportiva em busca do pódio. Devido à perda gradual da coordenação motora, Susana constantemente precisa trocar de classe nas competições paralímpicas. “Meu corpo está parando de funcionar comigo viva. Eu tenho 40% de capacidade respiratória e luto todo dia para meu corpo não parar. Apesar disso, não penso se vou estar andando ou conseguindo falar no ano que vem. Penso que ano que vem tem mundial, tem competição. Literalmente, o esporte me salvou”, afirma com entusiasmo a campeã paralímpica. Como palestrante motivacional, Susana Schnarndorf comprova que nenhum obstáculo é intransponível quando se tem persistência, coragem e determinação.

Contrate esse palestrante

Fechar Menu